Crónica da segunda novilhada da feira de Outubro em Vila Franca.

Por: Joana Mil-Homens

Ao quinto dia do mês de outubro, deu-se início à segunda novilhada integrada na feira de Outubro, em Vila Franca de Xira.

Em praça estiveram os cavaleiros Francisco Núncio, Tristão Ribeiro Telles e os novilheiros Duarte Silva e Sérgio Sanchez.

O grupo presente para pegar os dois novilhos da tarde foi o grupo da terra, G. F. A. Vila Franca de Xira.

Os novilhos foram da ganadaria Palha. 

Para Francisco Nuncio, a tarde não foi a sonhada, levou vários toques na montada, sendo que na ferragem tentou sortes frontais. 

Tristão Ribeiro Telles voltou a mostrar o seu valor, toureou com garra e valentia. Teve ferros brilhantes, de criar calafrios.

Demonstrou que está aqui para ficar e que não vai ser ‘ só mais um ‘. 

No que ao toureio a pé concerne, Duarte Silva esteve bem no primeiro mas foi no segundo que se destacou, teve um bom quite de chicuelinas, dois pares a quarteio e um a quiebro. Teve bonitas séries de naturais, as primeiras, apesar da voltareta forte, enquanto rematava a faena por bernardinas. 

Sergio Sánchez teve direito a dois belíssimos novilhos Palha, por ambos os pitons, mas foi no primeiro que teve a melhor faena, destaque para os naturais com muito temple e cingidas bernardinas. 

Para pegar os dois novilhos da tarde, foram à cara os forcados Rodrigo Andrade que consumou a pega ao primeiro intento e André Câncio Lilaia que consumou também ao primeiro intento.

A corrida foi dirigida por Fábio Costa, assessorada por José Manuel Lourenço.

Joana Mil-Homens